As principais tendências do ModaLisboa

| por

Como todas vocês devem ter acompanhado em minhas redes sociais, fui convidada para cobrir a Semana de Moda de Lisboa. Foi uma experiência inesquecível e um grande prazer poder participar de um evento de moda internacional. A 49ª edição do Moda Lisboa (Fashion Week de Portugal), aconteceu entre os dias 5 e 8 de outubro, em um local lindo, o Parque Eduardo VII, no recém estreado Pavilhão Carlos Lopes. Apresentando as principais tendências para a temporada Primavera/Verão 2018, o evento contou com grifes nacionais e internacionais. Separei as 5 principais trends desta edição e trouxe tudo que vi de melhor no Moda Lisboa para vocês, vem ver:

A cor veio fortíssima nas passarelas, apareceu em criações de diversas marcas. Um ponto diferente é que a cor surgiu com as mais variadas nuances, em tons mais intensos, pastel ou puxado para o dourado, como no desfile Aleksandar Protic. Podemos entender que a próxima temporada será de cores quentes e alegres na Europa.  Os tecidos fluidos já estão em alta há um tempo no Brasil. Inclusive, a brasileiríssima Cia Marítima levou a fluidez para a terrinha. Quem não gosta de usar uma roupa mais leve no verão, não é mesmo? Diversas marcas apostaram na ideia para as suas peças. Esse tipo de tecido também deixa a produção com uma pegada mais sexy e combinam muito bem com festas e eventos mais despojados.

Essa trend combina muito bem com os tecidos fluidos, não é mesmo? São tendências que se completam. A transparência apareceu muito nas passarelas do Moda Lisboa, um ponto bacana é que muitas marcas usaram a tendência em criações mais arrumadas, com no lindíssimo vestido de Christophe Sauvat.

Já vimos em outros desfiles internacionais e também na SPFW que as estampas florais são as eleitas para a próxima temporada. As flores apareceram dos mais diferentes tamanhos e formas, em cores vivas ou discretas.  Nas roupas de banhos ou em vestidos mais casuais, investir em peças florais será uma aposta certeira para os dias mais quentes do ano.

Sim, essa moda polêmica parece que vai continuar por mais uma temporada no continente europeu. Peças com dimensões maiores e desproporcionais despontaram nos desfiles de várias marcas no evento. Um exemplo, é a grife Kolovrat, que trouxe para as passarelas peças com comprimentos inusitados e mangas desconstruídas.

Por tudo que notei nesses 4 dias, a Semana de Moda Portuguesa está em sintonia com todas as semanas de moda internacionais mais badaladas. O evento tem uma estrutura incrível e os desfiles são muito bem produzidos e com criações pra lá de interessantes!

 

 

POR

"Arquiteta de formação, fashionista de coração. Viciada em moda e cultura pop."

Deixe seu comentário