Uma série para ver com a sua mãe

| por

Com o Dia das Mães chegando, nada melhor que homenagear aquela mulher que mais amamos. Não sei vocês, mas eu ADORO assistir filmes e seriados com a minha mãe. Infelizmente não tenho feito muito isso ultimamente, mas passei boa parte da minha infância e adolescência na frente da televisão com um balde de pipoca e a minha mãe ao lado.

E um bom show para assistir ao lado da sua mãe ou filha é Gilmore Girls. Uma das minhas séries favoritas, ela foi transmitida entre 2000 e 2007, e contava, basicamente, a vida das garotas Gilmore. Lorelai Gilmore e sua filha Rory (apelido de Lorelai – sim, ela batizou a filha com seu próprio nome) são muito parecidas, tanto no físico quanto na personalidade. Ambas são fanáticas por filmes, viciadas em café e possuem mais referências da cultura pop que você jamais será capaz de entender. Enquanto a mãe é adepta do conceito carpe diem, a filha é extremamente organizada e estudiosa.

Lorelai ficou grávida aos 16 anos e saiu da casa de seus ricos pais controladores. Foi para uma cidade pequena, arrumou emprego de camareira e criou a filha sozinha. A série começa quando Rory, aos 16 anos, é aceita em uma escola particular na cidade natal de Lorelai. A educação superrígida é mais um degrau na escada rumo a Harvard, a universidade dos sonhos da menina. Preocupada em pagar pela matrícula da filha, Lorelai recorre aos pais para um empréstimo. Sua mãe aceita dar o dinheiro com uma condição: que as duas jantassem semanalmente em sua casa e ela pudesse fazer parte ativa da vida da neta.

Gilmore-Girls-gilmore-girls-28847720-1024-768

Pode parecer um pedido comum, mas o relacionamento tenso entre Lorelai e sua mãe abre antigas feridas e a obriga a enfrentar a vida que há muito tempo deixou para trás.

Os diálogos são muito rápidos e afiadíssimos. Gilmore Girls não é uma série de acontecimentos bombásticos ou revelações e intrigas. Mas é supergostosa de assistir. E parte disso se deve ao seu elenco secundário. Os excêntricos moradores da pequena Stars Hollow são ótimos e dá até vontade de morar por lá. Comer um hambúrguer no restaurante do Luke, participar das reuniões do conselho municipal, dançar com a senhorita Patty, e por aí vai.

Claro que outra coisa que fazia me identificar com a série era o fato de Rory sonhar em ser jornalista. E é muito legal ver tudo o que ela passou até chegar lá (incluindo desistir no meio do caminho). E também o papel importante que a sua mãe sempre teve em sua vida.

Gilmore Girls com certeza é uma série que deixou saudade. Tanto que a criadora Amy Sherman-Palladino fez uma parceria com a Netflix para um revival. Uma temporada especial de quatro episódios, uma para cada estação do ano, de 90 minutos. Então serão quatro mini filmes pra matarmos a saudade de todos! E todos mesmo! Parece que praticamente todo o elenco original vai voltar para uma participação, inclusive a comediante Melissa McCarthy.

Durante sete anos acompanhamos a vida das duas garotas Gilmore, seus relacionamentos, empregos, sonhos e amizades. Será muito bacana retornar a Star Hollows depois de tanto tempo e ver como tudo está.

Retornam para a série Lauren Graham (Lorelai), Alexis Bledel (Rory), Jared Padalecki (Dean), Milo Ventimiglia (Jess), Matt Czuchry (Logan), Yanic Truesdale (Michel), Scott Patterson (Luke), Kelly Bishop (Emily), Sean Gunn (Kirk), Keiko Agena (Lane), David Sutcliffe (Christopher) e Liza Weil (Paris). A Netflix ainda não divulgou a data de lançamento desses quatro episódios, mas já disse que neste mês deve liberar as temporadas anteriores para colocarmos as maratonas em dia.

E vocês, assistiram Gilmore Girls? Estão ansiosos pelo revival?

Beijos e até a próxima!

POR

"Jornalista pós- graduada em cinema, viciada em cultura pop e dependente de um app para organizar toas as séries que assiste."

Deixe seu comentário